Página Inicial > Uncategorized > Finalmente em terras portuguesas

Finalmente em terras portuguesas

29, setembro, 2009

Este post é muito breve, já que é apenas um marco entre o post anterior e o próximo, que retratará a minha primeira parada (ou paragem como dizem por aqui): o albergue.

Como estava contando, cheguei no aeroporto de Lisboa 20:20 do dia 07/09/2009 e logo peguei um taxi. Nem tive oportunidade de explorar e conhecer o aeroporto. Assim que o avião aterrisou, fui conversando com a Rita e quando me dei conta estava aguardando minhas bagagens aparecerem na esteira.

Não demorou muito e elas surgiram, nenhum dano 🙂

Tiramos a foto que publiquei no post anterior e lá estava a porta do desembarque. Como foi um voo doméstico, não tive contato com nenhum funcionário de companhia aérea, aeroporto ou governo… Fui à fila do taxi e fiquei impressiodado com o carrão no qual eu estava a entrar. Descobri que era um Skoda. Algo como isso aqui:

Fui conversando com o taxista e descobri que o Eduardo era também brasileiro. Ele chegou a me mostrar alguns pontos turísticos durante o caminho pro UnReal Hostel, mas sem fazer um tour pela cidade e sem me enrolar… Foi uma boa viagem de taxi, da qual lembro melhor do lugar que tem touradas, e uma espécie de shopping. Ainda não fui lá durante o dia (nem durante a noite!)…

Ao chegar no Hostel, paguei 8,90€ pelo taxi, e descobri que o resto do pessoal pagou muito mais caro: 15€, 20€ e até 25€!

O post que era pra ser breve ficou um bocado comprido, mas realmente agora é hora de contar mais do Hostel…

Categories: Uncategorized Tags:
  1. Małgorzata Grzesiak
    30, setembro, 2009 em 08:13 | #1

    Prawdopodobnie poprosiśz Oleńkę o przetłumaczenie… Ja sobie poczytałam Twoje posty i poogladałam zdjęcia… tłumaczenia są trochę toporne( Olu to dla Ciebie..”niedokładne”), ale to nie szkodzi, bo można się pośmiać chociaż sens jest taki sam… cieszę się, że mogę Cię poznać… i pamiętaj! Ucałuj ode mnie Olę!.. dobra.. raz ode mnie… reszta od Ciebie!….. Olu! Jeśli będziesz to tłumaczyła( no bo jest opcja, że użyty będzie tłumacz strony)… to zastosuj proste formy… ja nie wiem co napisać, żeby było dobrze… Pozdrawiam.

    • Rodolfo Carvalho
      30, setembro, 2009 em 10:16 | #2

      Hello! Thanks for you comment. The online translators that I tried did a very poor work, I know Ola can translate it better.
      Just like you probably said, the translation only gives me an idea of what you’re saying, and lots of laughs for the nonsense sentences.

      Keep following the histories, there’s a lot more to tell, and by “the time of the events” of the last post, I didn’t even know Ola yet…

      Regards!

  2. 30, setembro, 2009 em 11:17 | #3

    special translation of previous post:
    “Probably you will ask Oleńka ( Oleńka its another shortcut, but more nicer than Ola ) for translation… Im going to read your posts and view photos… The automatic translation is crude ( or poor), but It does not matter! I can understand sens and laugh a little… I am glad that I can meet you… and remember!! Give Ola kisses from me!… okey… one from me… another from you!… Olu! If you will translate this ( because maybe he will use some automatic translation )… then use simple forms… i dont know what i could write, to write something what is good… greetings!”

Os comentários estão fechados.