Página Inicial > Uncategorized > O UnReal Hostel

O UnReal Hostel

1, outubro, 2009

Tive muita sorte de encontrar um bom hostel/albergue para as primeiras noites.

Nos meses de preparação no Brasil, antes de solicitar o visto, tive que procurar por um lugar para fazer uma reserva e ajudar na documentação para o visto. Até o dia que fiz a entrevista no consulado, ainda não tinha recebido a notícia que poderia ficar na residência da universidade.

O Instituto Superior Técnico, nomeadamente o Gabinete de Relações Internacionais, ajudou com diversas sugestões de alugueis e hostels. De alguma forma eu cheguei num site que quero compartilhar, o HostelBookers.com. Com ele é possível localizar imóveis usando sobreposição de mapas, além da busca normal por texto. Com isso ficou bem fácil encontrar a opção mais barata e interessante próxima do IST.

Acabei ficando com o UnReal, pelo preço, proximidade e por ter sido inaugurado esse ano, o que significou boa qualidade das instalações — apesar do prédio ser antigo.

Recomendo fortemente aos que pensam em passar uns dias em Lisboa a considerar ficar no UnReal.

Chegando no hostel, lá por volta de 21:00, fui muito bem recebido. Acertei o pagamento pros próximos 3 dias que tinha reserva, e fui pro meu quarto. Ainda na recepção descobri que ficaria no mesmo quarto que o Frederico, um mineiro que conheci por email, e que segundo ele foi pro UnReal graças a minha indicação 🙂

Era um quarto para 6 pessoas, mas contando comigo éramos 5: 2 brasileiros, 1 ucraniano e 2 italianos.

Assim que entrei no quarto encontrei o Alex, um ucrâniano/alemão, e logo começamos a conversar. Ele já foi me contando o “funcionamento” do albergue, e como estavam sendo seus primeiros dias na cidade. O Frederico apareceu, e assim nos conhecemos pessoalmente. Conheci também o Stephano e a Elisa. Outras figuras bacanas que encontrei no albergue foi o Roberto (vindo da USP) e o Federico, outro italiano.

Antes de ir dormir o Alex e o Frederico já se disponibilizaram para no dia seguinte irem comigo ao IST para que eu conhecesse o campus e pegasse meu Welcome Kit.

Detalhes mais triviais: a cama é bem comfortável, roupa de cama limpa. Tinha um armário com chave (que para usar tinha que colocar 1€ na tranca para conseguir tirar a chave… a cá tem muito disso. Outro exemplo é para usar carrinho de compras no mercado). Para tomar banho o chuveiro era automático, tinha que ficar apertando o botão frequentemente, mas tinha água quente e fria, bom grau de conforto. Boa limpeza de todas as instalações (notei que era tudo limpo diariamente).

Mais uma vez fica aqui a recomendação pros viajantes. E passada a primeira noite, vem o primeiro dia de verdade em Lisboa, Portugal…

Categories: Uncategorized Tags:
  1. Vinícius
    5, outubro, 2009 em 20:24 | #1

    Oi, tudo bem? Meu nome é Vinícius e eu faço Português-Árabe na UFRJ. Estou indo pra Lisboa em janeiro com mais um amigo. Nós estávamos precisando de algumas dicas de albergues e aluguel de aptos ou quartos pra estudantes. No caso dele, inclusive, a gente está com dúvidas de como ele fará para comprovar a acomodação para requerer o visto, já que é muito difícil de reservar lugar pra morar por tanto tempo conforme eles pedem no ato da solicitação do visto… Como você fez?? Meu e-mail e msn é vinicius.vip@hotmail.com me adiciona lá e/ou me manda um email. Aguardo seu contato.

    Vinícius

Os comentários estão fechados.